Recent Posts

quarta-feira, 24 de março de 2010

O caso da esperança.

Entro eu no onibus. Sentou uma menina atrás de mim, na quaal eu reparei por que ela tava de amarelo. Odeio amarelo. Ela no celular começa a falar "Olha, tem uma esperança do lado de fora da janela! Tá pegando um ventinho." Eu tipo, oi, esperança. Como assim? Olho eu pra minha janela, que por acaso estava aberta e vejo. Vejo oq ue? A esperança. Olhando pra mim, cara a cara. Pra quem não conheçe (como eu), fotinho.



Eu, pra quem não sabe, tenho um medo irracional de insetos. Tipo, até de borboletas. Quase saltei do onibus. MAs eu sou forte. Fui sentar na ultima cadeira e fiquei lá.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Shit Happend



Pois é. Tanta coisa rolando que nada faz sentido. Queria ter falado de tantas coisas, mas tantas, que acabei não falando de nada. Preguiça é uma merda.

Mas, pra quem quiser saber, eu to bem. Comprei um notebook. É a coisa mais cara que eu já comprei com meu dinheiro, e isso é alguma coisa. Tive que quebrar meu porquinho. Quase não consegui. Parecia tão errado. Como tentar fazer xixi na cama. Simplesmente não acontece.

O tempo esfriou. Eu gosto. Me sinto tão mais feliz. Passo mais tempo com a minha mãe.

Fiz óculos novos. To cada dia mais míope. E uma míope com fotofobia, pra ficar legal. 

Me revoltei contra o meu país. Que tipo de lugar é essa que nem ao menos tem candidatos a presidente. Me recuso a votar em ladrões e assassinos.

E também não entendo pessoas que acham que pobreza não existe. Que não percebem que horrores como os que vemos agora não acontecem só depois de tragédias. São cotidianos. Só a gente não vê.

E me pergunto por que hoje em dia ninguém faz nada. Balançam a cabeça e falam "Que bom que eu votei em branco!" Bom? Realmente?

Meu computador pifou, e minhas fotos foram junto. Pra uma pessoa com pouca memória, fotos são muito importantes. Mas pratico o desapego.

Sei lá. Quero fazer revolução num país onde ninguém quer. Mas é nosso país, e as pessoas deviam se lembrar disso.