Recent Posts

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Fico assim sem você.

Eu julgo as pessoas. Eu as olho de cima quando passam por coisas pelas quais eu me recuso. Minha vez de ser julgada.

Fria e calculista, seria capaz de virar as costas para o amor da minha vida, se ele me aborrecesse. Então como é que não faço isso? Quem é ele que tem o poder de me deixar dócil? Submissa até.

Eu não olho pra mais nada. Não me importo com mais ninguém. Desmarco com quem for se ele pedir. Faço tudo que ele mandar.

Perto dele, o furacão que eu era some. O orgulho, o nunca pedir perdão. Se ELE me virar as costas, sim, eu peço perdão, até pelo que eu não fiz.

Eu esqueço minhas vontades, até minhas necessidades. Daria minha alma, sem pensar duas vezes. Pus meu coração num frasco, e entreguei de bandeja. Quem mais me faria isso?

Me ensinou o significado de saudade, de tristeza, de alívio. De dor, me mostrou como é ter o coração na mão de outra pessoa sem esmagado. E me fez rastejar.

Estou presa a ele, numa corrente cuja a chave eu mesma joguei fora. Uma prisão em que entrei de livre e espontânea vontade. Morro por dentro por que quero.

Ah, e mesmo assim, ele é um carcereiro tão bom... Me prende com seus carinhos e me machuca com a sua decepção. Me faz sentir vergonha de uma conduta que me esforcei para sustentar. Da pessoa terrível que tinha orgulho de ser.

Me sinto um bichinho de estimação. Um que não se importaria de viver de migalhas.

E ele não nota. Não nota minha agonia, nem sabe o tamanho do meu amor. Não faz ideia de tudo que faria por ele.

Mas do que estou reclamando? Não é como se eu estivesse infeliz...


.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Esperança. De uma vida melhor.

Cara, e se tudo der errado? Se a profissão não for a certa, se meu casamento fracasar, se meus filhos forem odiosos, se minha família morrer... Se der errado, a gente faz o que?

Não quero começar de novo. O início é muito ruim, é muito difícil, e só se deve vivê-lo uma única vez. Cair e levantar durante o percurso é facíl. Quero ver se cair no final...

Trabalhei demais pra chegar até aqui. Sacrifiquei coisas que talvez pros outros não seja nada, mas que eram um pedaço de mim! Fiz escolha nem sempre faceis, nem sempre certas. Comenti erros, com as quais aprendi. Magoei que pessoas que me amaram, mas também as amei de volta.

Isso não se faz de novo. Você não tenta outra vez até que dê certo. Você faz seu melhor para que funcione. Mas, e se apesar de tudo isso, der errado? Eu não quero voltar. Mas também não quero parar, e ficar caída esperando compaixão. O tempo não pára para as suas feridas. Nem para os seu erros.

Se um dia eu percerber que não a mais ninguém? Ninguém por quem viver, nem por mim mesma.

Nossa, pensar nisso dá uma dor no coração... Ai, dói mesmo.

Que bom que ainda resta esperança. De viver e ser feliz. De fazer sucesso, ter um ótimo casamento, com filhos lindos, e a família em volta. De ser feliz, ah... feliz como ninguém jamais sonhou ser.

Uhmm, agora to sentindo um colorzinho bom no coração...

É, só vou pensar nisso daqui em diante.



.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Sabedoria Canina






1.
Nunca d
eixe passar a oportunidade de sair para um passeio.
2. Esperimente a sensação do ar fresco e do vento em sua face por puro prazer.
3. Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-lo.
4. Quando ouver necessidade, pratique a obediencia.
5. Deixe os outros saberem quando invariram seu território.
6. Sempre que puder tirar uma soneca, se espreguice antes de levantar.
7. Coma com gosto e intusiasmo, mas pare quando estiver satisfeito.
8. Quando chamar a atenção, deixe alguém tocá-lo.
9. Nunca pretenda ser algo que você não é.
10. Corra, pule e brinque diariamente.
11. Seja sempre leal.
12. Se o que você deseja está enterrado, cave até encontrar.
13. Alegre-se com o simples prazer de uma caminhada.
14. Evite morder quando apenas um rosnado resolver.
15. Quando alguém estiver passando por um mau dia, fique em silêncio, sente-se próximo e, gentilmente, tente agradá-lo.
16. Nos dias mornos, deite-se de costas sobre a grama.
17. Nos dias quentes, beba muita água e descance embaixo de uma árvore frondosa.
18. Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
19. Não importa quantas vezes for censurado, não assuma culpa que não é sua e não fique amuado... Corra imediatamente de volta para seus amigos.



Quem tem o 20° pra completar?

.

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Ciumes


Ah, sei lá. Tipo eu sinto ciúme. E muito. Mas, sabe, me seguro, por que sei que é infundado. Também consigo entender que as minhas ações geram muito ciume. Mas que que eu posso fazer???
Tipo, eu su assim. Gosto de dançar, escrachar mesmo!
Mas dá um nervoso percerber que to deixando de fazer as coisas.
Então uso de toda confiança que eu exijo. Por isso é fundamental!
Não adianta dizer que ama, se cada vez que tua mulher sair com as amigas vc ficar de cara feia, mermão!!!
Pode ter certeza:

Ela vai te largar...

Não esqueçe, tio, que mulher é bicho feito pra correr solto.
*Mas não muito XD*


.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Tesão




A melhor coisa depois de um orgasmo. Confie em mim, já tive muitos.
Aí você tá no meio de uma reunião de família e de dá vontade de transar.
Você faz o que? Segura? Claro que não! Você pede licença e vai ao quarto ao lado com o parceiro de sua preferencia. Por que, afinal, sexo é uma necessidade fisiolígica, que nem ir ao banheiro, e deveria ser tratada como tal.
Todo mundo já teve tesão. Se não tem, vai ter. Se diz que não, tá mentindo.
Não se escolhe quando, nem onde se quer transar. Você quer e pronto!
Outra coisa perigosa é que você não escolhe quem.
Mas acho muita hipocrisia julgar as pessoas quando acabam de transar.
E daí que eles estão desarrumados e descablados? E daí que você ouviu os gritos? Acredite, vai chegar a sua vez de sair na rua com um chupão no pescoço sem querer. E você, o que vai dizer?

"Dei mesmo, que que tem?"

Pois é, que que tem?
Pelo direito de se fazer quando quiser, onde quiser e com quem quiser (né, Thalata?)
!Por orgasmos múltiplos e horas trancados no quarto!
Pela liberdade de tesão, por que fomos feitos pra transar!



.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Coisas.

Que eu relamente gosto muito:
~Papel
~Lápis
~Folhas secas
~Vento
~Chuva, quando eu tô dentro de casa.
~Céu
~Flores, mas só pra ver
~Tapete
~Cobertor
~Livros
~CD's
~Prendedor de cabelo
~Meias
~Camisinhas
~Camisetas
~Calças jeans
~Prancheta de desenho
~Sombreado
~Sofá
~Almofada
~Trem
~Mochila
~Chaveiro
~Buttom
~Remédio
~Chocolate
~Botões

Que eu não gosto muito:
~Despertador
~Relógio
~Calendário
~Carpete
~Chinelo
~Lixo
~Falta de espaço
~Leiteira
~Pé molhado
~Flores, quando são pra cheirar
~Capa de sofá
~Comercial de TV
~TV
~Sono